Funcionário diz que Irã destruiria Israel se fosse atacado

sábado, 12 de julho de 2008 10:33 BRT
 

TEERÃ (Reuters) - O Irã destruiria Israel e 32 bases militares dos Estados Unidos no Oriente Médio se a República Islâmica fosse atacada em meio à disputa em torno de seu programa nuclear, disse a agência de notícias Fars, citando um alto funcionário do governo.

"Os Estados Unidos sabem muito bem que com o menor movimento contra o Irã, Israel e 32 bases militares dos EUA na região não estariam fora do alcance de nossos mísseis e seriam destruídos", informou a agência semi-oficial, reproduzindo palavras de Mojtaba Zolnour.

Zolnour é o representante do líder supremo Aiatolá Ali Khamenei nas tropas de elite da Guarda Revolucionária.

(Reportagem de Hashem Kalantari)