Lufthansa avalia aquisição da SAS, dizem fontes

sexta-feira, 12 de setembro de 2008 10:05 BRT
 

Por Angelika Gruber

FRANKFURT, 12 de setembro (Reuters) - A companhia aérea alemã Lufthansa (LHAG.DE: Cotações) está examinando a aquisição da escandinava SAS (SAS.ST: Cotações) para reforçar sua posição em um mercado europeu em consolidação, afirmaram fontes próximas ao assunto.

"Negociações exclusivas estão sendo mantidas", disse uma das fontes, acrescentando que a SAS abordou a Lufthansa sobre um possível acordo em maio. Mas as fontes enfatizaram que a aquisição da SAS não está garantida.

"Se isso levará a um acordo é uma questão que permanece em aberto", afirmou outra fonte que conhece a estratégia da Lufthansa. "Ainda não está muito claro para onde as negociações darão."

Um porta-voz da Lufthansa se recusou a comentar. A SAS não estava imediatamente disponível para falar sobre o assunto.

A Lufthansa é vista como uma das maiores consolidadoras do mercado de aviação europeu, juntamente com a Air France KLM (AIRF.PA: Cotações) e a British Airways BAY.L, em uma indústria que enfrenta dificuldade em lidar com o aumento de preços de combustíveis e o enfraquecimento de economias.

A SAS, a qual pertence em 50 por cento aos governos sueco, norueguês e dinamarquês e 7 por cento à família Wallenberg, é parceira da Lufthansa na Star Alliance. Uma união poderá solidificar ações entre a Alemanha e a Escandinávia e proporcionar maior tráfego para os centros de operações da Lufthansa.

A companhia alemã, segunda maior da Europa, está em busca de uma série de possíveis parceiros, incluíndo a Alitalia AZPIa.MI, a polonesa LOT e a Austrian Airlines AUAV.VI. A Lufthansa também planeja adquirir uma participação de 45 por cento nas ações da empresa de transporte aéreo de cargas Brussels Airlines, com a opção de comprar toda a companhia.