Coréia do Sul pode anunciar plano de US$2 bi para construtoras

domingo, 12 de outubro de 2008 10:29 BRT
 

SEUL, 12 de outubro (Reuters) - A Coréia do Sul planeja estender os prazos das dívidas de construtoras locais para ajudá-las a lidar com a falta de liquidez em meio à crise financeira global, segundo um jornal local.

O governo planeja deixar as construtoras venderem 2,64 trilhões de wons (2,02 bilhões de dólares) em commercial papers amparados em ativos (ABCPs, da sigla em inglês) para bancos estatais e fundos públicos gerenciados pelo governo, disse o jornal Korea Economic Daily, que citou um porta-voz oficial.

As construtoras poderão usar esse procedimento para saldar suas dívidas com bancos comerciais, de acordo com a publicação.

As construtoras locais, que levantaram recursos com os ABCPs, estão se deparando com dificuldades para emitir novos tiítulos ou para alongar os prazos de suas dívidas diante da escassez de crédito no mercado global, afirmou o jornal.

O governo sul-coreano deverá anunciar o pacote nesta semana, acrescentou a reportagem.

(Reportagem de Cheon Jong-woo)