Investimento em biocombustível no Brasil vai continuar, diz Lula

segunda-feira, 12 de novembro de 2007 07:38 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil continuará investindo na produção de biocombustíveis, mesmo diante da descoberta de uma nova reserva de petróleo pela Petrobras, afirmou nesta segunda-feira o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante programa semanal de rádio.

"Todos nós sabemos do aquecimento do planeta e todos nós sabemos que o petróleo é um dos causadores desse problema. Portanto, nós vamos continuar investindo nos biocombustíveis", disse Lula durante o programa "Café com o Presidente".

Além da defesa ambiental, o presidente destacou outro fator relevante sobre o desenvolvimento dos biocombustíveis: "aumentar a importância do Brasil na matriz energética mundial".

Lula comemorou a descoberta feita pela Petrobras na bacia de Santos, anunciada na semana passada. Segundo o presidente, a descoberta significa que o país "passa a ser um dos maiores produtores de petróleo do mundo".

"Eu acho que foi uma benção de Deus para o Brasil de ter uma empresa que tenha acreditado em pesquisar petróleo em tanta profundidade como a Petrobras", disse Lula ao lembrar que a exploração da nova reserva levará entre 5 e 6 anos, já que o petróleo está a mais de 6.000 metros de profundidade.

"Temos tecnologia para isso, a Petrobras tem possibilidade, agora isso precisa um pouco mais de estudo, de mais investimento em tecnologia, para que a gente possa fazer com que esse petróleo comece a gerar as riquezas que nós tanto precisamos."

Lula também reforçou que o país continuará investindo na Bolívia para garantir o fornecimento de gás. "Nós precisamos fazer investimento na Bolívia para que a gente possa produzir mais para atender o mercado interno da Bolívia, o mercado interno brasileiro, o mercado argentino e o mercado chileno", disse.

"A Petrobras não vai fazer uma opção de investir aqui ou ali, ela vai investir onde puder investir para que a gente possa dar tranquilidade à sociedade brasileira", acrescentou.

(Por Renato Andrade)

 
<p>O presidente brasileiro, Luiz In&aacute;cio Lula da Silva, durante reuni&atilde;o com o secret&aacute;rio-geral da ONU, Ban Ki-moon, no Pal&aacute;cio do Itamaraty, em Bras&iacute;lia. O Brasil continuar&aacute; investindo na produ&ccedil;&atilde;o de biocombust&iacute;veis, mesmo diante da descoberta de uma nova reserva de petr&oacute;leo pela Petrobras, afirmou o presidente. Photo by Jamil Bittar</p>