BOLSA EUROPA-Montadoras impulsionam, mas commodities abatem

terça-feira, 12 de agosto de 2008 09:51 BRT
 

Por Eva Kuehnen

FRANKFURT, 12 de agosto (Reuters) - O principal índice europeu de ações operava perto da estabilidade nesta terça-feira depois que a Rússia ordenou uma interrupção aos ataques na Geórgia e à medida em que os ganhos nas ações de montadoras compensava a queda nos papéis ligados à commodities em meio à valorização do dólar contra o euro.

Às 9h45 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que acompanha as principais empresas européias, apresentava ligeira desvalorização de 0,12 por cento, aos 1.211 pontos. O índice reverteu perdas do início da sessão e chegou a operar com leve alta após o Kremlin afirmar que o presidente russo, Dmitry Medvedev, ordenou o fim das operações na Geórgia.

Dennis Nacken, analista de mercado na Allianz Global Investors, afirmou que o foco segue sendo a economia.

"As economias norte-americana e européia continuam a ser o foco aqui", apontou.

A forte valorização do dólar afastava os investidores das commodities, o que impacava no setor minerador.

A Rio Tinto (RIO.L: Cotações), Xstrata XTA.L e BHP Billiton (BLT.L: Cotações) perdiam entre 1,6 e 2,6 or cento.

"O dólar é particularmente positivo para as montadoras de automóveis e em combinação com a queda no preço do petróleo dá algum alívio ao setor", afirmou Christian Stocker, estrategista de ações na UniCredit Global Research.

A BP (BP.L: Cotações) subia 2,3 por cento e a Royal Dutch Shell (RDSa.L: Cotações) avançava 1,5 por cento.   Continuação...