Uísques raros podem ser mais lucrativos que investir na bolsa

segunda-feira, 12 de novembro de 2007 14:54 BRST
 

LEIDEN, Holanda (Reuters) - Para o executivo Michel Kappen, o uísque é mais do que uma bebida para tomar com amigos e celebrar uma promoção no trabalho ou para relaxar em frente à lareira numa noite fria.

O uísque pode ser um ativo altamente lucrativo para investidores temerosos com a volatilidade dos mercados financeiros, afirmou Kappen durante o lançamento do seu World Whisky Index -- algo como "índice mundial do uísque", um site para compradores e vendedores de uísques raros e caros.

"Se você investir em ações, sempre há o risco de perder. Com o uísque, isso não existe", disse o executivo à Reuters, enquanto um músico em traje de gala tocava gaita de foles para anunciar a inauguração do índice.

"É um investimento bem estável. A taxa anual de retorno é de 12 por cento", afirmou Kappen.

Ele citou o exemplo de uma garrafa de uísque maltado Black Bowmore Scotch, destilado em 1964 e engarrafado em 1995.

"De 150 euros (218,9 dólares) em 1995, essa garrafa agora vale 2.450 euros (3.602 dólares)", afirmou ele.

O World Whisky Index (www.worldwhiskyindex.com) possui atualmente 2.853 garrafas de uísque listadas, com a mais cara custando 650 euros e a mais velha datada de 1926.

Para Kappen, uma garrafa personalizada de um uísque raro poderia impulsionar a carreira de alguém. "Você pode procurar por um uísque destilado ou uma garrafa do ano em que seu chefe nasceu e dar a ele", concluiu.

(Por Foo Yun Chee)