PETROBRAS batiza subsidiária para etanol de Petrobras Bioenergia

quinta-feira, 12 de junho de 2008 16:19 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A nova empresa de biocombustíveis que será criada pela Petrobras vai se chamar Petrobras Bioenergia e terá o atual diretor de Abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa, entre os membros do seu Conselho de Administração.

Segundo Costa, depois da criação da companhia a área de Abastecimento ficará com a administração dos alcooldutos que serão construídos e com a comercialização do etanol, mas a produção ficará a cargo da nova subsidiária.

"Estamos preparando todo o material para passar para a nova companhia", informou o executivo à Reuters.

Para operar um dos dois alcooldutos planejados inicialmente a Petrobras criou, com a japonesa Mitsui e a Camargo Correa, a PMCC Projetos de Transporte de Álcool S.A., para construir o trecho entre Senador Canedo (GO) e Paulínia (SP). A previsão é que a obra seja concluída em 2009.

Segundo Costa, a estatal pretende criar mais uma companhia para o alcoolduto que será construído entre Campo Grande (MS) e o porto de Paranaguá (PR).

"Em 30 dias vamos finalizar os estudos para criar a empresa, que desta vez terá a participação dos Estados", informou, sem dar detalhes.

A Petrobras pretende exportar 4,7 bilhões de litros de álcool a partir de 2012, principalmente ao mercado japonês, e para isso vai começar a produzir o combustível no Brasil.

O primeiro contrato foi fechado há um mês com a usina Itarumã, de Goiás, também em parceria com a Mitsui. Os próximos contratos, segundo Costa, já serão fechados pela Petrobras Bioenergia, que será presidida por Alan Kardec, ex-gerente de refino da estatal.

(Reportagem de Denise Luna)