12 de Agosto de 2008 / às 19:06 / em 9 anos

Petroleira San Antonio, do GP, fará oferta pública de BDRs

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO, 12 de agosto (Reuters) - A argentina San Antonio, controlada pela GP Investments GPIV11.SA, protocolou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de registro para realizar uma oferta pública primária e secundária de Brazilian Depositary Receipts (BDRs).

Com sede em Bermudas, a companhia se apresenta como a maior prestadora de serviços para exploração de poços de petróleo e gás em terra na América Latina, operando na Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Peru, Venezuela e México.

Nesses mercados, tem como clientes empresas como a Petrobras (PETR4.SA), além da espanhola YPF Repsol, a venezuelana PDVSA e a Ecopetrol, da Colômbia.

As ações serão listadas na Bolsa de Valores de Luxemburgo, com recibos negociados na Bolsa de Valores de São Paulo. A oferta será coordenada pelo Itaú BBA, em parceria com o Credit Suisse e o Deutsche Bank.

De acordo com o prospecto preliminar, o objetivo da oferta primária é captar recursos para investir na expansão --orgânica e via aquisições-- das operações na região.

No Brasil, a empresa fez duas aquisições recentes. Em abril, comprou a Sotep (Sociedade Técnica de Perfuração). No mês passado foi a vez da Prest, do mesmo setor. Com isso, atingiu 15 por cento de participação no segmento de perfuração em terra no Brasil.

"A companhia pretende usar 80 por cento dos recursos obtidos com a oferta primária para investimentos em expansão", diz trecho do documento.

O restante será utilizado para pagar uma dívida de 100 milhões de dólares referente a um empréstimo que está sendo contratado com o Itaú BBA e o Deustche.

O grupo argentino ganhou projeção em agosto do ano passado quando, já sob controle do GP, comprou a divisão da norte-americana Pride na América Latina por 1 bilhão de dólares.

Além do GP, com 55 por cento das ações, a empresa tem entre seus principais sócios o fundo norte-americano Amber (23 por cento) e a Temasek, de Cingapura, por meio da Dunearn (12 por cento).

A companhia divulgou receita total de 583,9 milhões de dólares no primeiro semestre de 2008, um crescimento de 23,5 por cento em relação ao mesmo período do ano passado.

Um lote de 10 a 15 por cento da oferta de ações será reservado para investidores de varejo.

RETOMADA?

Esta poderá ser a segunda empresa do ramo petrolífero a ter papéis negociados na Bolsa de Valores de São Paulo este ano, no rastro dos elevados preços do petróleo. A última foi a OGX Petróleo e Gás (OGXP3.SA), do empresário Eike Batista, que fez sua estréia no pregão com oferta recorde de 6,7 bilhões de reais.

Na semana passada, a locadora de veículos Locaralpha também pediu registro da CVM para uma oferta de ações no Bovespa Mais, que abriga empresas de pequeno e médio portes.

A San Antonio também é a segunda companhia argentina a ter papéis negociados na Bovespa, depois do banco Patagônia, quinto maior banco privado do país vizinho, que aterrisou na bolsa paulista em julho de 2007.

A petroquímica Comodoro Rivadávia, também argentina, chegou a pedir registro para oferta de BDRs, mas voltou atrás diante da instabilidade nos mercados de ações.

O anúncio da intenção de captar recursos via BDRs acontece depois da polêmica envolvendo a Agrenco, do setor de commodities, cujas ações despencaram depois que alguns de seus principais executivos foram presos sob a acusação de desvio de recursos.

O episódio levou a CVM e a Bovespa a anunciarem que pretendem criar regras mais rigorosas de governança para empresas com sede no exterior que quiserem negociar papéis no mercado acionário brasileiro.

O objetivo é exigir o comprometimento com regras semelhantes às do Novo Mercado, segmento da Bovespa com regras rígidas de transparência e respeito aos acionistas minoritários, mas que não permite a listagem de companhias estrangeiras.

O prospecto preliminar da San Antonio informa que "um investidor em nossa empresa pode ter menos proteção das regras do Novo Mercado do que um investidor em uma empresa coberta por tais regras".

Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below