CONSOLIDA-Combustíveis atingem aéreas, mas TAM consegue lucro

terça-feira, 12 de agosto de 2008 16:37 BRT
 

Por Todd Benson

SÃO PAULO, 12 de agosto (Reuters) - Os altos preços dos combustíveis de jatos elevaram os custos das duas maiores companhias aéreas brasileiras no segundo trimestre, mas enquanto a TAM ainda conseguiu fazer dinheiro com ganhos de eficiência, a sua rival menor apresentou um terceiro trimestre consecutivo de prejuízo.

A Gol Linhas Aéreas (GOLL4.SA: Cotações) (GOL.N: Cotações), operadora de uma frota de baixo custo fundada em 2001, anunciou pela manhã um prejuízo líquido de 171,7 milhões de reais entre abril e junho, ante um prejuízo de 35,37 milhões de reais um ano antes e perda de 3,5 milhões de reais no primeiro trimestre deste ano.

A Gol, que já foi uma das companhias aéreas mais lucrativas da América Latina, vem sofrendo desde que comprou em 2007 a Varig, que já foi a principal companhia aérea do Brasil. A empresa está tentando reestruturar a Varig e baixar os custos estruturais em linha com os seus próprios.

Mas os altíssimos preços dos combustíveis dificultaram a transformação da Varig e estão forçando a Gol a passear por caminhos a mais fiéis às suas raízes de baixo custo.

Para cortar os gastos de combustíveis, a Gol recentemente começou a reduzir a velocidade de cruzeiro de vôos e a desligar um motor após o pouso. Na última semana, a empresa cortou a sua frota planejada para os próximos dois anos e eliminou os dividendos para o resto de 2008 com o objetivo de liberar capital para investimento.

"Nós estamos trabalhando para realmente reduzir os nossos custos e trazê-los de volta para as condições normais. Nós esperamos ver isto acontecendo neste ano, entre o terceiro e quarto trimestre", afirmou Constantino de Oliveira Júnior, presidente-executivo da Gol, em teleconferência com analistas.

A TAM Linhas Aéreas TAMM4.SA TAM.N, maior do setor no país, teve mais sucesso em se proteger do salto dos preços dos combustíveis. A empresa divulgou um lucro líquido de 50,2 milhões de reais no segundo trimestre, comparado com um prejuízo de 28,6 milhões de reais de um ano atrás e um lucro de 2,6 milhões de reais no primeiro trimestre de 2008.

As ações da Gol tombaram após o relatório, recuando 2,26 por cento para 15,99 reais na Bolsa de Valores de São Paulo. A TAM subiu 1,76 por cento para 34,60 reais, ultrapassando a alta do índice Ibovespa .BVSP.   Continuação...