12 de Agosto de 2008 / às 20:22 / 9 anos atrás

PANORAMA2-Bancos devolvem preocupação a Wall Street

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 12 de agosto (Reuters) - Os bancos JP Morgan Chase e UBS reacenderam nesta terça-feira a preocupação com as condições do sistema financeiro, provocando a queda das bolsas de valores nos Estados Unidos e na Europa.

O JP (JPM.N) anunciou baixa contábil de mais 1,5 bilhão de dólares no trimestre corrente. O UBS UBSN.VX teve prejuízo maior que o esperado no segundo trimestre e divulgou a reestruturação de sua unidade de investimentos.

A dificuldade do setor financeiro em lidar com a crise de crédito foi um dos fatores responsáveis pelo déficit fiscal de 102,77 bilhões de dólares dos Estados Unidos em julho, maior que o esperado pelo mercado.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanhou a queda das ações no exterior, apesar da sustentação das ações da Petrobras (PETR4.SA).

Junto com a alta das commodities veio a acomodação do dólar no cenário internacional. Após voltar a níveis que não eram vistos há meses diante do euro, do iene e de outras moedas, a moeda norte-americana parece ter se estabilizado.

“A alta do dólar parou por um tempo enquanto os agentes tentam realizar algum lucro depois das variações que vimos recentemente, que foram fora do padrão”, disse Michael Woolfolk, estrategista de câmbio do Bank of New York Mellon.

O dólar também perdeu um pouco de combustível no Brasil, mas ainda assim registrou a sétima alta seguida diante do real.

Veja como encerraram os principais mercados nesta terça-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,624 real, em alta de 0,50 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 2,95 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa recuou 0,4 por cento, a 54.502 pontos, segundo dados preliminares. O volume financeiro na bolsa foi de 5,19 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em baixa de 0,96 por cento, aos 32.884 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) fechou em alta na BM&F. O DI janeiro de 2010 subiu a 14,74 por cento ao ano, enquanto o DI janeiro de 2009 avançou a 13,74 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 131,94 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,45 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 6 pontos, a 231 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 294 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI caiu 1,19 por cento, a 11.642 pontos. O Nasdaq .IXIC recuou 0,38 por cento, para 2.430 pontos. O índice S&P 500 .SPX perdeu 1,21 por cento, aos 1.289 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento caía para 3,91 por cento no final da tarde ante 4,0 por cento na segunda-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Reportagem adicional de Aluísio Alves e Vanessa Stelzer; Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below