12 de Novembro de 2007 / às 11:55 / 10 anos atrás

BHP Billiton detalha plano para comprar Rio Tinto

Por James Regan e Michael Smith

SYDNEY, 12 de novembro (Reuters) - A BHP Billiton (BHP.AX) detalhou nesta segunda-feira seu plano para comprar a rival Rio Tinto (RIO.AX), prometendo garantir aos acionistas 30 bilhões de dólares através de uma recompra se o acordo se confirmar.

O novo presidente executivo da mineradora, Marius Kloppers, dará um novo passo para pressionar o conselho da Rio Tinto ao diálogo, fazendo a proposta pessoalmente de 140 bilhões de dólares pela aquisição aos maiores acionistas da Rio Tinto, disse uma fonte próxima às negociações à Reuters.

Até o momento a BHP (BLT.L) não foi capaz de persuadir o conselho da Rio Tinto a discutir sua proposta acerca de mineração.

Um porta-voz da Rio Tinto disse que não havia nada novo no documento de nove páginas da BHP, e que a proposta da empresa, já rejeitada pelo conselho da Rio Tinto por ser muito baixa, continuou “fora de um parâmetro aceitável”.

A BHP afirmou que uma fusão com a Rio Tinto poderia reduzir despesas anuais em 3,7 bilhões de dólares, sete anos após a finalização de uma eventual fusão, através de sinergias em minério de ferro, carvão e outras atividades. Não foi dado prazo sobre a proposta de recompra de ações.

A GIGANTE AUSTRALIANA

A outrora conhecida como “Gigante Australiana”, que opera em 25 países, disse que fez uma análise completa das implicações de propostas antitruste e que não vê barreiras significativas de agências reguladoras, apesar de poder levar até um ano para obter as aprovações necessárias.

Uma combinação BHP/Rio teria 27 por cento do mercado mundial de minério de ferro.

Analistas estão divididos se o conselho da Rio Tinto está a espera de uma oferta alternativa em dinheiro ou certificados da BHP, ou quer manter a BHP irrequieta de qualquer forma.

O conselho da Rio Tinto está aberto a uma oferta maior da BHP, especialmente se houver dinheiro envolvido, informaram fontes.

Na proposta, os acionistas da Rio Tinto teriam 41 por cento da empresa surgida da fusão.

A Rio Tinto rejeitou uma proposta da BHP na quinta-feira, dizendo que era muito baixa.

A BHP já despachou conselheiros do Citigroup (C.N) e Goldman Sachs (GS.N) para levantar 70 bilhões de dólares em refinanciamento de débito para ajudar no pagamento da aquisição.

Jornais britânicos reportaram no fim de semana que a BHP pode vender suas divisões de petróleo e gás por 40 bilhões de dólares para ajudar na aquisição da Rio Tinto, que não está presente no ramo petrolífero.

A BHP não quis comentar o assunto relativo às reportagens dos jornais.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below