Obama vence em Mississippi e aumenta vantagem sobre Hillary

quarta-feira, 12 de março de 2008 07:45 BRT
 

Por John Whitesides

WASHINGTON (Reuters) - O pré-candidato presidencial democrata Barack Obama venceu com facilidade a rival Hillary Clinton em Mississippi na terça-feira, o que dá novo fôlego ao senador por Illinois na acirrada disputa pela indicação do Partido Democrata antes da próxima batalha na Pensilvânia em 22 de abril.

Obama, que pode se tornar o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos, conseguiu atrair o apoio da comunidade negra e aumentou sua vantagem em número de delegados sobre Hillary antes da convenção democrata de agosto. Obama também venceu a disputa do último sábado em Wyoming.

Hillary havia ressuscitado suas esperanças de chegar à Casa Branca ao vencer Obama nas primárias de Ohio e do Texas, prolongando a batalha entre os democratas para decidir quem enfrentará o republicano John McCain nas eleições preidenciais.

"O que tentamos fazer é constantemente garantir que, em cada Estado, demonstremos a necessidade de mudança neste país, e obviamente o povo de Mississippi respondeu", disse Obama em entrevista à CNN.

Hillary não faliu publicamente após o resultado, mas a gerente de campanha da ex-primeira-dama, Maggie Williams, divulgou comunicado agradecendo aos simpatizantes da senadora por Nova York em Mississippi.

"Agora faremos campanha na Pensilvânia e em todo o país, ao passo que a campanha continua", disse ela.

Ambos os candidatos já estavam na Pensilvânia na terça-feira, se preparando para a disputa pelos 158 delegados democratas do Estado no dia 22 de abril. É o último grande Estado restante em disputa.

Enquanto os eleitores em Mississippi ainda votavam, comentários raciais sobre Obama feitos por uma importante simpatizante de Hillary deflagraram um duro diálogo entre os dois lados.   Continuação...

 
<p>O pr&eacute;-candidato democrata &agrave; presid&ecirc;ncia dos EUA Barack Obama dircursa durante campanha em Fairless Hills, Pennsylvania. Obama venceu com facilidade a rival Hillary Clinton em Mississippi na ter&ccedil;a-feira, o que d&aacute; novo f&ocirc;lego ao senador por Illinois na acirrada disputa pela indica&ccedil;&atilde;o do Partido Democrata. Photo by Keith Bedford</p>