JFE quer produzir 33 milhões de toneladas de aço em 2012

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007 10:02 BRST
 

Por Yuko Inoue

TÓQUIO (Reuters) - A JFE Steel, terceira maior siderúrgica do mundo, informou na quinta-feira que vai ampliar a produção doméstica de aço bruto em 10 por cento por ano nos próximos cinco anos, para atingir 33 milhões de toneladas. O aumento será parcialmente viabilizado pelo uso de sucata como matéria-prima.

A JFE revelou que sua estratégia de crescimento em um momento em que a sua maior rival, Nippon Steel, amplia agressivamente a sua produção para acompanhar rivais asiáticos, como a sul-coreana Posco e a chinesa Baosteel, que querem se tornar siderúrgicas de 50 a 80 milhões de toneladas a partir de 2010.

O grupo siderúrgico também informou que ampliou seu programa de investimento trianual até março de 2009 em 60 por cento, para 570 bilhões de ienes (5 bilhões de dólares), a fim de financiar o aumento de produção e medidas para economia de energia.

"Esperamos forte demanda por aço de alta qualidade continue por um tempo, principalmente no sudeste da Ásia", disse Hajime Bada, presidente da JFE Steel, a jornalistas.

"Esperamos aumentar a produção com foco em aço de alta qualidade, mas sem aumentarmos a capacidade de nossos fornos e portanto de emissões de gases", disse o executivo.

Forte demanda por carros, navios e máquinas de construção japonesas no mundo tem impulsionado vendas de aço de alta qualidade e também de placas de aço sob medida, encorajando as siderúrgicas do Japão a aumentar capacidade.