FMI diz que nenhuma região escapará ilesa da crise financeira

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008 08:29 BRST
 

NOVA DÉLHI (Reuters) - Os efeitos macroeconômicos da crise global dos mercados financeiros serão sérios e nenhuma região escapará deles inteiramente ilesa, disse o diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), nesta quarta-feira.

Dominique Strauss-Kahn afirmou que o mundo entrou em uma fase difícil, com a crise financeira se espalhando para a economia real.

"Eu acredito que os efeitos serão cada vez mais sentidos na Europa e eu não acho que as economias emergentes estão imunes", disse ele em uma reunião organizada por um instituto econômico da Índia.

Strauss-Kahn pediu que os países emergentes contribuam para assegurar a estabilidade econômica mundial.

"Há um papel que as economias emergentes podem desempenhar para dar suporte ao crescimento global --por meio de políticas para fortalecer a demanda doméstica, incluindo maior flexibilidade do câmbio."

(Unni Krishnan e Surojit Gupta)