Petróleo fecha em novo recorde de US$ 110,33 com queda do dólar

quinta-feira, 13 de março de 2008 17:50 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam em alta nesta quinta-feira após atingirem um novo recorde durante a sessão pela sétima vez consecutiva, à medida que um dólar fraco impulsionou a compra da commodity por especuladores à procura de alternativas de investimentos.

Os futuros de óleo para aquecimento atingiram um novo recorde de alta, impulsionados por previsões de curto prazo de um tempo mais frio no mercado-chave da commodity, o nordeste norte-americano, e por reservas apertadas do óleo.

Na Nymex, o contrato abril subiu 0,41 dólar, ou 0,37 por cento, marcando um novo recorde de fechamento a 110,33 dólares por barril, após ser negociado entre 109,08 a 111 dólares, novo recorde para o intradia.

Em Londres, o petróleo tipo Brent fechou em alta de 1,27 dólar, ou 1,2 por cento, no novo recorde de 107,54 por barril, sendo negociado entre 105,56 e 107,88 dólares, marcando mais um recorde durante a sessão.

"A relação entre o dólar fraco e a alta do petróleo continua a ditar as direções do preço no momento e as pessoas não estão negociando por temores com a economia", disse Jim Ritterbusch, presidente da Ritterbusch & Associates.

Ritterbusch disse que olharia para qualquer queda no mercado de diesel como indicativo de que os operadores de energia estão começando a olhar para a fraqueza da economia em busca de uma direção de preço, "mas até agora, o mercado de diesel está forte".

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)