Wall St fecha em alta com a S&P reduzindo temores sobre crédito

quinta-feira, 13 de março de 2008 18:15 BRT
 

Por Justin Grant

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas norte-americanas fecharam em alta nesta quinta-feira após uma grande agência de rating de crédito dizer que o fim das baixas contábeis relacionadas à crise do setor imobiliário está próximo, o que impulsionou as ações financeiras.

O índice Dow Jones teve alta de 0,29 por cento, a 12.145 pontos; o Standard & Poor's 500 subiu 0,51 por cento, a 1.315 pontos; o Nasdaq avançou 0,88 por cento, a 2.263 pontos.

A Standard & Poor's afirmou que as baixas contábeis para as grande instituições financeiras parecem já ter passado da metade de seu caminho, aliviando a ansiedade dos investidores sobre a recente crise de crédito e aumentando a atração por ativos de risco.

O índice Dow Jones de ações de construtores de moradias avançou 5,9 por cento após Barney Frank, chairman do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados, revelar um plano de ajuda para tomadores de empréstimo angustiados do setor de hipotecas que estão lutando contra as quedas dos valores imobiliários.

Em um sinal de que investidores estão prontos para correr maiores riscos, a demanda pelos seguros Treasuries norte-americanos caíram fortemente após um leilão de títulos de 10 anos do governo norte-americano atrair fracas propostas.

"Eu acredito que a virada (nas bolsas) começou quando saiu a notícia do S&P dizendo que eles estão vendo um final para as baixas contábeis das principais instituições financeiras. Isto parece ter mudado a tendência dos mercados hoje", disse Todd Clark, diretor-gerente de ações na Nollenberger Capital Partners