Goldman Sachs pagará US$1,5 bi por ativos do ABN

quarta-feira, 13 de agosto de 2008 10:08 BRT
 

BANGALORE, Índia (Reuters) - Um consórcio liderado pelo Goldman Sachs Group Inc concordou em pagar cerca de 1,5 bilhão de dólares por uma série de ativos em private equity do ABN AMRO, disse o Wall Street Journal nesta quarta-feira.

Na segunda-feira, o grupo Fortis disse que tinha vendido, junto com o banco espanhol Santander e o britânico Royal Bank of Scotland um número de ativos de private equity do ABN AMRO para um consórcio liderado pelo Goldman Sachs.

Uma porta-voz do Fortis disse na segunda-feira que os ativos vendidos eram de companhias localizadas na Escandinávia, Grã-Bretanha e Holanda, mas se recusou a dar mais detalhes sobre a transação.

O jornal disse que o investimento do Goldman incluiu 32 companhias européias e aproximadamente 450 milhões de dólares em capital a ser investido em futuros acordos.

Os investimentos, que incluem um braço da rede de restaurantes TGI Friday's e a companhia holandesa de roupas Oilily, serão administrados por uma unidade de private equity do ABN, chamada AAC Capital Partners, disse o jornal.

Nem o Goldman, nem o Santander retornaram imediatamente as ligações para comentar o assunto, enquanto representantes do Fortis e do RBS não foram encontrados.

Fortis, RBS e Santander pagaram 70 bilhões de euros pelo ABN no ano passado, justamente quando a crise de crédito prejudicou as receitas e os valores das instituições do setor.

(Reportagem de Tenzin Pema)