CPI dos cartões corporativos aprova convocação de vazador

terça-feira, 13 de maio de 2008 12:13 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A CPI dos cartões corporativos aprovou nesta manhã a convocação do funcionário da Casa Civil José Aparecido Nunes Pires, apontado como o responsável pelo vazamento do suposto dossiê com dados de gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e de André Fernandes, assessor do senador Álvaro Dias (PSDB-PR).

Segundo investigação da própria Casa Civil, Aparecido, secretário de controle interno da Casa Civil, teria enviado por email os dados com cartões corporativos para André Fernandes. Depois disso, os dados chegaram à mídia. Na véspera, Aparecido pediu afastamento do cargo.

A CPI aprovou os dois requerimentos por votação simbólica. Segundo a presidente da comissão, Marisa Serrano (PSDB-MS), a intenção é ouvir os depoimentos ainda nesta semana, provavelmente na quinta-feira.

Antes disso, porém, a CPI quer tomar conhecimento do teor dos depoimentos dos dois à Polícia Federal. André Fernandes depôs na segunda-feira e Aparecido deve depor nesta terça.

Aparecido é funcionário de carreira do Tribunal de Contas da União (TCU) e estava cedido à Casa Civil.