Petróleo sobe com Irã e por alta em óleo para aquecimento

terça-feira, 13 de maio de 2008 17:52 BRT
 

NOVA YORK, 13 de maio (Reuters) - Os futuros do petróleo fecharam em alta nesta terça-feira, atingindo um novo recorde perto de 127 dólares durante a sessão, em meio a declarações vindas do governo do Irá de que está analisando uma proposta de diminuir a produção, mesmo com aperto global do mercado de derivados que empurrou os preços do óleo para aquecimento a um novo recorde.

Na Nymex, o contrato junho CLM8 subiu 1,57 dólares, ou 1,26 por cento, para 125,80 dólares por barril, sendo negociado entre 123,10 para 126,98 dólares, batendo o recorde anterior de 126,40 dólares atingido na segunda-feira.

O recorde de fechamento do petróleo foi atingido na sexta-feira, a 125,96 dólares.

Em Londres, o petróleo tipo Brent LCOM8 avançou 1,19 dólares para fechar a 124,10 dólares por barril, sendo negociado entre 121,95 e 124,99 dólares. O contrato junho vence na quinta-feira.

O óleo para aquecimento HOM8 saltou 0,1391 dólar, ou 3,91 por cento, para 3,6989 dólares por galão, um novo recorde,

Um despacho de uma agência de notícias iraniana de que o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad afirmou que uma proposta para reduzir a produção de petróleo do país está sendo revista por especialista alimentou a alta da commodity.

"Nós estamos em um mercado onde qualquer notícia altista é capaz de empurar os preços", afirmou Peter Beutel, analista da Cameron Hanover.

(Reportagem de Robert Gibbons)