Petróleo e financeiras arrastam Dow, mas Nasdaq sobe

terça-feira, 13 de maio de 2008 18:51 BRT
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - As blue chips norte-americanas fecharam em queda nesta terça-feira com o petróleo atingindo um novo recorde, o que ressaltou as preocupações com a inflação.

Pesaram também os comentários do chairman do Federal Reserve de que os mercados financeiros ainda estão com problemas.

O índice Dow Jones teve baixa de 0,34 por cento, a 12.832 pontos. O Standard & Poor's 500 caiu 0,04 por cento, a 1.403 pontos. Já o Nasdaq subiu 0,27 por cento, a 2.495 pontos.

Os futuros do petróleo subiram para perto de 127 dólares por barril após o Irã afirmar que está analisando possibilidades de cortes em sua produção, e diversas autoridades do Federal Reserve ressaltarem a crescente ameaça da inflação em discursos separados durante a sessão.

O chairman do Fed, Ben Bernanke, também afirmou que uma forte demanda de instituições financeiras por empréstimos do Fed mostra que os "mercados ainda estão longe do normal". As ações do setor financeiro lideraram a queda do índice S&P 500, com o JPMorgan Chase caindo 3,7 por cento.

No entanto, o Nasdaq subiu após um salto das ações do Yahoo com notícias de que Carl Icahn está considerando entrar na briga pela companhia de Internet depois que as conversações de aquisição entre o Yahoo e a Microsoft foram abandonadas.

"Nós precisamos manter um olho nas financeiras", disse Peter Boockvar, estrategista de ações da Miller Tabak. "Este grupo teve um bom movimento, e ajudou o mercado a se recuperar das quedas de março. Precisamos ter um olho nesta fraqueza para ver se este é o começo de um nova queda ou apenas realizações de lucro."