PETROBRAS assina acordo para continuar a investir na Colômbia

segunda-feira, 13 de outubro de 2008 15:17 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 13 de outubro (Reuters) - Em meio a negociações para definir sua permanência no Equador e após enfrentar problemas na Bolívia, a Petrobras (PETR4.SA: Cotações) assinou nesta segunda-feira um memorando de entendimentos com a estatal colombiana Ecopetrol para avaliar projetos conjuntos.

O acordo abre espaço para uma atuação conjunta no Brasil, Colômbia e em outros países onde haja interesse mútuo, como leilões de áreas de petróleo; parcerias em campos e blocos de exploração atualmente operados pela Petrobras e/ou Ecopetrol; e oportunidades de negócios em refino, transporte, distribuição, indústria petroquímica e biocombustíveis.

"Com a assinatura do acordo, a companhia demonstra o seu interesse em continuar a investir na Colômbia", afirmou a Petrobras em nota.

A Petrobras atua na Colômbia desde 1972 e no período entre 2002 e 2007 investiu 452,2 milhões de dólares. De 2008 a 2012, de acordo com o Plano Estratégico da companhia que está sendo revisado, a previsão é de aplicar mais 361 milhões de dólares no país vizinho.

Em 2000, com a Ecopetrol, a Petrobras realizou a maior descoberta dos últimos 15 anos da Colômbia, no campo de Guando. Em 2006 adquiriu ativos de distribuição e comercialização de combustíveis no país.

O memorando foi assinado no Rio de Janeiro, pelos presidentes da Petrobras, José Sergio Gabrielli, e da Ecopetrol, Javier Gutiérrez.

(Por Denise Luna; Edição de Camila Moreira)