PANORAMA1-Saúde da zona do euro influencia humor dos mercados

quarta-feira, 13 de agosto de 2008 10:52 BRT
 

SÃO PAULO, 13 de agosto (Reuters) - A produção industrial da zona do euro em junho ficou abaixo do esperado e acabou derrubando os mercados acionários da região.

O dado pode contribuir para azedar um pouco mais o humor dos agentes em outras praças, dada as preocupações com a desaceleração global.

A produção das indústrias instaladas nos 15 países que usam o euro como moeda única ficou estável entre maio e junho e registrou um leve ganho de 0,2 por cento, na comparação anual.

A expectativa de analistas consultados pela Reuters era de discreto crescimento de 0,1 por cento frente a maio e de 0,2 por cento na comparação anual.

Nos últimos dias, o temor de desaquecimento da economia levou o dólar para o maior nível em seis meses frente ao euro e outras moedas importantes. O movimento, que parece reverter o enfraquecimento do dólar que durou sete anos, tem efeito direto sobre as commodities, derrubando os preços.

"A deterioração da perspectiva econômica na zona do euro e outros lugares está agora tendo impacto, após o mercado se acostumar com a fraqueza da economia norte-americana", afirmou Kosuke Hanao, chefe da área de câmbio do HSBC em Tóquio.

O principal índice inflacionário da Europa .FTEU3 operva em queda de 1,02 por cento, aos 1.196 pontos, por volta das 7h40 (horário de Brasília).

Nos Estados Unidos, o destaque da agenda macroeconômica é o desempenho do varejo em julho. A projeção de Wall Street é de queda de 0,1 por cento após o leve aumento de 0,1 por cento no mês anterior.

Alguns analistas acreditam que a restituição de impostos definida pelo governo já não está ajudando o consumo.   Continuação...