ATUALIZA-ANP faz leilões de biodiesel para atender mistura de 3%

quarta-feira, 13 de agosto de 2008 18:31 BRT
 

(Acrescenta preço do leilão e contexto)

RIO DE JANEIRO, 13 de agosto (Reuters) - A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realiza quinta e sexta-feiras leilões de biodiesel para garantir o volume extra necessário para atender à elevação de 2 para 3 por cento da mistura do produto no diesel.

O leilão de quinta-feira, o 10o desde o início do programa de mistura ao diesel, em 2005, vai ofertar 264 milhões de litros de biodiesel. O 11o leilão, na sexta, vai ofertar mais 66 milhões de litros. As entregas estão previstas para 31 de dezembro.

Como nos demais leilões de biodiesel da ANP, a Petrobras (PETR4.SA: Cotações) e a refinaria Alberto Pasqualini (Refap), no Rio Grande do Sul, controlada pela estatal petrolífera, serão as únicas compradoras.

O preço foi estipulado em 2,40 reais por litro, abaixo do 9o leilão realizado em abril, cujo preço inicial era 2,80 o litro e terminou com preço médio de 2,69 reais o litro.

A mistura de 3 por cento (B3) entrou em vigor em 1o de julho. Segundo a ANP, 57 empresas estão habilitadas a participar.

O volume estimado de consumo de biodiesel no segundo semestre, com a entrada do B3, é de 660 mil metros cúbicos (equivalentes a 660 milhões de litros). Atualmente, a capacidade de produção anual das 52 unidades produtoras de biodiesel autorizadas pela ANP é de 2,780 milhões de litros por ano.

A ANP realiza leilões de biodiesel desde o início de 2005 para atender à exigência do governo de misturar, inicialmente, 2 por cento do produto ao diesel a partir deste ano. A elevação para 3 por cento antecede um aumento para 5 por cento de mistura, previsto para acontecer a partir de 2013 mas que poderá ser antecipado.

(Reportagem de Denise Luna; Edição de Fabio Murakawa)