BOVESPA-Blue chips sustentam índice e giro é o maior do ano

quarta-feira, 13 de agosto de 2008 17:57 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações e fechamento oficial)

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO, 13 de agosto (Reuters) - A recuperação dos preços das matérias-primas e a disputa pelo vencimento de contratos de índice futuro patrocinaram alta das ações mais importantes da Bolsa de Valores de São Paulo, que conseguiu quebrar uma sequência de quatro quedas seguidas.

Após intenso vai e volta, o Ibovespa .BVSP terminou a quarta-feira com alta de 0,13 por cento, aos 54.573 pontos. O giro financeiro na bolsa, de 13 bilhões de reais, foi o maior de 2008.

"A grande volatilidade nas cotações das commodities acabou concentrando ainda mais os negócios nas ações de maior liquidez, como as de Petrobras e Vale", disse o diretor de renda variável da Finabank, Edison Marcellino.

De carona no repique do preço do petróleo, para cima dos 116 dólares, as preferenciais da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) avançaram 2,1 por cento, para 33,75 reais.

As preferenciais da Vale VALE5.SA foram ainda mais longe, com ganho de 2,8 por cento, a 35,56 reais, também a reboque da recuperação externa dos preços de metais.

O mesmo fator deu fôlego para as fabricantes de aço, sob liderança da Companhia Siderúrgica Nacional CSNA3.SA, com disparada de 3,5 por cento, para 53,40 reais.   Continuação...