Bush veta projeto de lei trabalhista e aprova gastos para Defesa

terça-feira, 13 de novembro de 2007 15:43 BRST
 

NEW ALBANY, Estados Unidos (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, vetou nesta terça-feira um projeto de lei destinado aos setores de saúde, trabalho e serviços, mas assinou uma legislação de gastos para Defesa, informou a Casa Branca.

Bush vetou o projeto de lei de 600 bilhões de dólares porque estava cerca de 10 bilhões de dólares acima do que ele havia requisitado e possuía mais de 2.000 destaques, segundo relatou a jornalistas a porta-voz Dana Perino.

"Pedimos ao Congresso que retire a gordura e reduza os níveis gerais de gastos e devolva (o projeto) ao presidente", disse ela.

(Por Caren Bohan)