Simon é substituído por governista para aprovação da CPMF

terça-feira, 13 de novembro de 2007 16:49 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O governo substituiu mais dois senadores para a votação da prorrogação da CPMF na Comissão de Constituição e Justiça, nesta terça-feira.

Pedro Simon (PMDB-RS), cujo voto permanecia uma incógnita, foi substituído por Valdir Raupp (PMDB-RO), e Gilvam Borges (PMDB-AP) deu lugar a Roseana Sarney (PMDB-MA).

O anúncio das mudanças foi feito pelo presidente da CCJ, senador Marco Maciel (DEM-PE). Segundo Raupp, Simon teria dito que não estaria em condições de votar a CPMF agora, o que sinalizaria que não está de todo satisfeito com a nova proposta do governo. Gilvam Borges precisou se ausentar pela morte de um parente.

Na segunda-feira, a senadora petista Ideli Salvati (SC) havia substituído Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), que se declarava contrário à prorrogação da CPMF. (Reportagem de Isabel Versiani; Edição de Mair Pena Neto)