Caso contra irmão de Renan Calheiros é arquivado na Câmara

terça-feira, 13 de novembro de 2007 20:59 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados arquivou o processo contra o deputado Olavo Calheiros (PMDB-AL), irmão do presidente licenciado do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL). A informação é da Agência Câmara.

Olavo era acusado quebra de decoro parlamentar por seu suposto envolvimento em esquemas de favorecimento à cervejaria Schincariol e de participação em um esquemas de fraude em licitações junto com a empresa Gautama.

"Olavo Calheiros não é santo, não foi canonizado, eu também não. Nenhum de nós é santo. Mas nem por isso ele vai arder na fogueira da injustiça, pois a fumaça da peça inicial não se originou de brasa do comburente com que imaginavam alimentar o fogo de sua inquisição política", ressaltou o relator José Carlos Araújo (PR-BA), de acordo com nota no site da Câmara.

O processo foi arquivado por unanimidade.

(Texto de Sérgio Spagnuolo; edição de Mair Pena Neto)