BOLSA EUROPA-Preocupações com crise de crédito puxam queda

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007 10:10 BRST
 

Por Eva Kuehnen

FRANKFURT, 13 de dezembro (Reuters) - As bolsas de valores da Europa operavam em queda de mais de 1,5 por cento nesta quinta-feira, afetadas por preocupações renovadas sobre os problemas do mercado de crédito que pressionavam ações de instituições financeiras.

Entre os maiores movimentos da sessão, está o grupo britânico de serviços Rentokil (RTO.L: Cotações), que caía mais de 23 por cento depois que alertou que vendas fracas de varejo atingirão o lucro trimestral.

Enquanto isso, o grupo farmacêutico irlandês Elan ELN.I perdia 6,74 por cento depois que a Biogen Idec (BIIB.O: Cotações), co-criadora da droga para tratamento de esclerose múltipla Tysabri, informou que vai continua como companhia independente.

Mas o grande peso sobre os mercados europeus era provocado pelo setor bancário britânico. HSBC (HSBA.L: Cotações), Royal Bank of Scotland (RBS.L: Cotações) e HBOS HBOS.L caíam entre 2 e 6,7 por cento.

Às 10h08 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 exibia desvalorização de 1,49 por cento, a 1.523 pontos.

"A euforia de ontem sobre injeção de liquidez pelos bancos centrais abriu espaço para uma avaliação mais realista da situação", disse o economista-chefe do M.M. Warburg, Carsten Klude.

"No final, não sabemos se essa injeção vai funcionar e resolver o aperto na liquidez. Desde o início de crise nós temos visto várias injeções financeiras", disse ele.

Na quarta-feira, bancos centrais ao redor do mundo aliaram-se para conter a crise de crédito e anunciaram medidas para tornar mais fácil o acesso a dinheiro pelos bancos.   Continuação...