"Tropa de Elite" desembarca na campanha de Gabeira na TV

terça-feira, 14 de outubro de 2008 21:04 BRT
 

Por Carla Marques

RIO DE JANEIRO, 14 de outubro (Reuters) - A equipe do filme "Tropa de Elite", do diretor José Padilha, está a postos para uma ofensiva a favor da candidatura de Fernando Gabeira (PV) à prefeitura carioca. Na quarta-feira, atores, roteirista, produtor e, talvez, o diretor gravam participação na campanha do candidato na TV.

Ex-oficial do Bope (Batalhão de Operações Especiais da PM do Rio) e roteirista do filme, Rodrigo Pimentel foi o articulador do apoio a Gabeira, com quem discutiu propostas há 7 meses. Crítico da política de confronto do governo Sérgio Cabral, principal cabo eleitoral de Eduardo Paes (PMDB), Pimentel defende que a prefeitura tenha papel mais importante na área de segurança pública que os governos estadual e federal.

"Quem mais pode fazer pela segurança pública é o município. É o poder municipal que pode implementar todas as ações de prevenção primária ao delito e promover inclusão social", disse o ex-oficial à Reuters.

"O governo do Estado só pode oferecer caveirão (blindado da Polícia Militar), tiro, helicóptero e prisão. Todas as ações mais eficazes que a porrada pertencem ao município", acrescentou.

Segundo Pimentel, a idéia surgiu da rima entre as palavras "caveira", símbolo do Bope e grito de guerra, e "Gabeira". Ele propôs uma brincadeira com o nome do candidato, mas não sabe se será aceita pela produção do programa.

"Eu percebi essa coincidência entre Gabeira e caveira e sugeri aos colegas de fazerem uma performance. Eles toparam, mas não sei se a produção vai querer algo que transmita mais sobriedade", explicou o roteirista, negando que o símbolo da caveira possa criar uma má impressão nos eleitores que moram em favelas.

Os atores Wagner Moura, André Ramiro e Caio Junqueira não devem incorporar seus personagens no filme durante o programa eleitoral. De acordo com Pimentel, a equipe de Gabeira decidirá como será a gravação.

  Continuação...