Atentado suicida em hotel de luxo mata dois no Afeganistão

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008 14:41 BRST
 

CABUL (Reuters) - Um ataque suicida a bomba contra um hotel de luxo na capital do Afeganistão matou pelo menos duas pessoas nesta segunda-feira, informou a polícia.

O Serena Hotel, de cinco estrelas, fica no centro da cidade e é frequentado por estrangeiros ricos.

O ministro de Relações Exteriores da Noruega, Jonas Gahr Stoere, estava hospedado no hotel e não foi atingido. Ele deu uma entrevista ao vivo do subsolo do hotel, quando se protegia, para o canal TV2.

Uma jornalista do jornal norueguês Dagbladet ficou ferida no ataque, informou a rádio NRK.

Dois militantes jogaram granadas de mão contra dois guardas para abrir caminho no cordão de segurança do hotel. Uma vez dentro do complexo hoteleiro, eles se explodiram, informou a polícia. Os dois guardas morreram, e a polícia ainda não tem mais informações sobre feridos.

Uma fonte de segurança de um país ocidental afirmou que os guardas abriram fogo contra os militantes do lado de fora do hotel.

Guerrilheiros extremistas do Taliban realizaram mais de 140 ataques suicidas em 2007 em sua campanha para retirar do poder o governo afegão aliado aos Estados Unidos e também as forças estrangeiras no país.

 
<p>Pol&iacute;cia afeg&atilde; bloqueia estrada que leva ao Hotel Serena ap&oacute;s ataque suicida em Cabul. Um ataque suicida a bomba contra um hotel de luxo na capital do Afeganist&atilde;o matou pelo menos duas pessoas nesta segunda-feira, informou a pol&iacute;cia. Photo by Ahmad Masood</p>