PÃO DE AÇÚCAR prevê reduzir despesa operacional em 20% em 2008

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007 11:09 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo Pão de Açúcar espera reduzir suas despesas operacionais em cerca de 20 por cento em 2008, afirmou nesta sexta-feira o diretor financeiro do varejista, Enéas Pestana.

"Vamos trabalhar despesa de novo, e vamos trabalhar forte, e a má notícia é que podemos ter gasto de reestruturação. Não é exatamente redução de força de trabalho, mas revisão de estruturas. Ainda temos muito o que cortar", afirmou Pestana.

O executivo participou da apresentação do novo presidente do Pão de Açúcar, Claudio Galeazzi, a analistas e investidores.

Galeazzi substitui Cássio Casseb, que ficou na presidência do Pão de Açúcar por cerca de 2 anos e saiu da empresa no início desta semana após divergências estratégicas com o Conselho de Administração da companhia.

O Pão de Açúcar --que tem como principais acionistas a família Diniz e o grupo francês Casino-- anunciou que investirá 1 bilhão de reais no ano que vem.

Sob o comando de Casseb, o Pão de Açúcar registrou cinco trimestres de queda no lucro até o terceiro trimestre de 2007. A companhia também perdeu a liderança no setor de varejo no Brasil para o Carrefour este ano.

Galeazzi, de 67 anos, tem extensa experiência em cadeias de varejo como Vila Romana e Lojas Americanas. Entre os objetivos do novo presidente para 2008 estão o aumento das vendas, a continuação no corte de custos e a melhora na performance financeira do grupo.

(Reportagem de Alberto Alerigi Jr.; texto de Cesar Bianconi; Edição de Vanessa Stelzer)