ATUALIZA-Mantega vê crescimento de 5% nos próximos 3 anos

segunda-feira, 14 de abril de 2008 15:26 BRT
 

(Texto atualizado com mais comentários do ministro)

NOVA YORK, 14 de abril (Reuters) - O Brasil pode sustentar um crescimento econômico de 5 por cento nos próximos três anos, apesar da crise financeira global e dos altos custos das commodities, afirmou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, nesta segunda-feira.

"Eu acredito que podemos sustentar um crescimento de 5 por cento durante os próximos três anos. Não pretendemos estimular um crescimento maior, mas fornecer as condições para crescer 5 por cento", disse a investidores em um seminário em Nova York.

Mantega minimizou as preocupações de que o forte crescimento é a principal razão por trás da inflação no país, dizendo que as pressões resultam sobretudo dos maiores custos globais de commodities. "Excluindo os preços de alimentos, a inflação no Brasil está muito bem comportada", disse.

O mercado prevê inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,66 por cento neste ano, acima do centro da meta de 4,5 por cento, e acredita que o Banco Central irá elevar a taxa básica de juros já neste mês.

O Comitê de Política Monetária (Copom) anuncia sua decisão sobre a taxa Selic na quarta-feira e a maioria dos economistas projeta, segundo pesquisa da Reuters, alta de 0,25 ponto percentual, para 11,50 por cento ao ano.

(Por Walter Brandimarte)