Fundo do Kuwait interessado em Merrill e Citigroup, diz jornal

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008 10:50 BRST
 

KUWAIT (Reuters) - A Autoridade de Investimento do Kuwait (KIA), que administra mais de 200 bilhões de dólares, não tinha posição oficial sobre uma reportagem de um jornal dos Estados Unidos afirmando ela que pode comprar participação no Merrill Lynch e Citigroup, dois bancos norte-americanos atingidos pela crise de crédito.

A assessoria da KIA tentou entrar em contacto o diretor-gerente Bader al-Sa'ad, mas não foi possível encontrá-lo.

Em artigo publicado no domingo citando fontes próximas à questão, o Financial Times afirma que o Merrill Lynch está em busca de cerca de 4 bilhões de dólares num segundo levantamento de capital, e que a KIA deve entrar como investidor de peso na negociação.

O acordo deve ser anunciado durante a semana, segundo o periódico, acrescentando que outros investidores poderiam vir da Europa.

O jornal também afirmou, no sábado, que o Citigroup, maior banco dos Estados Unidos em ativos, estaria finalizando um segundo levantamento de capital através de investidores chineses, kuwaitianos e outros, no valor de 14 bilhões de dólares.

A Autoridade de Investimento do Kuwait, que administra as receitas excedentes dos quatro maiores exportadores de petróleo do Oriente Médio, tinha pelo menos 213 bilhões de dólares em ativos no fim de março do ano passado, segundo dados oficiais.