Lucro da InBev fica estável no 2o tri

quinta-feira, 14 de agosto de 2008 07:30 BRT
 

Por Antonia van de Velde

BRUXELAS, 14 de agosto (Reuters) - A cervejaria belga InBev INTB.BR informou nesta quinta-feira um lucro estável no segundo trimestre, em linha com as expectativas, apesar do alto custo das commodities, e reiterou que espera um segundo semestre melhor.

A fabricante da Stella Artois e da Brahma, que concordou em pagar 52 bilhões de dólares pela Anheuser-Busch (BUD.N: Cotações) em julho para se tornar a maior cervejaria do mundo, foi fortalecida por lucros maiores na América Latina e do Norte, mas esses ganhos foram afetados por resultados mais baixos na Europa e na Ásia.

A empresa disse que o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi de 1,24 bilhão de euros (1,9 bilhão de dólares), em linha com as previsões de 12 analistas consultados pela Reuters.

As ações da InBev caíam 1,73 por cento para 45,55 euros, por volta das 7h24 (horário de Brasília), enquanto o índice de alimentos e bebidas europeu DJ Stoxx recuava 0,64 por cento.

A receita da InBev no segundo trimestre aumentou para 3,710 bilhões de euros ante 3,198 bilhões de euros no primeiro trimestre, mas ficou abaixo dos 3,82 bilhões de euros esperados por analistas.

O lucro por ação ficou em 0,92 euros frente 0,78 euros no segundo trimestre de 2007.