Tanques russos adentram Poti, na Geórgia. Rússia nega

quinta-feira, 14 de agosto de 2008 08:31 BRT
 

POTI, Geórgia (Reuters) - Tanques russos entraram na cidade portuária de Poti na quinta-feira, acompanhando caminhões que levavam tropas para o porto, disseram testemunhas, mas a Rússia negou que suas forças estejam lá.

"Apenas alguns minutos atrás, eles (russos) entraram em Poti em tanques", disse um agente portuário de Poti, Nikoloz Gogoli, por telefone por volta das 6h (horário de Brasília). "Alguns deles tinham emblemas azuis, distintivos, o que significa que deviam ser das forças de paz."

Ao ser questionado sobre os relatos, o vice-chefe de generais da Rússa, Anatoly Nogovitsyn, disse: "não há blindados ou tropas russas na cidade de Poti agora".

Nogovitsyn não fez mais comentários.

Gogoli disse que os tanques não entraram no porto e se moviam em direção a uma antiga base militar.

Os guardas do porto disseram que os tanques acompanharam os caminhões e se afastaram do porto, assim que os caminhões estacionaram. Um dos guardas disse que um caminhão tinha cerca de 20 militares, identificados por ele como membros da força de paz.

Um fotógrafo da Reuters no local teve negada sua entrada no porto.

O comandante da zona portuária de Poti, que não quis ser identificado pelo nome, disse que as tropas russas afundaram seis antigos barcos de combate em Poti na quarta-feira. Ele disse que ninguém se feriu.

Gogoli disse que os barcos militares não foram atacados pelo mar nem pelo ar e as tropas russas alertaram as pessoas que estavam próximas do local de suas intenções, disse.

A Rússia negou que suas tropas tenham entrado em Poti no dia anterior.