CÂMBIO-Recuperação global coloca dólar abaixo de R$1,60

segunda-feira, 14 de julho de 2008 10:37 BRT
 

SÃO PAULO, 14 de julho (Reuters) - A situação mais amena dos mercados internacionais e a alta da Bolsa de Valores de São Paulo favoreciam a queda do dólar nesta segunda-feira.

Às 10h36, a moeda norte-americana BRBY era cotada a 1,597 real, com baixa de 0,31 por cento. A queda anulava a alta que o dólar acumulava desde o começo de julho.

A recuperação do mercado global ocorria em resposta às medidas anunciadas no final de semana pelos Estados Unidos. Diante da crise no setor imobiliário, o governo norte-americano disponibilizou condições de crédito mais favoráveis para as duas principais agências de hipotecas do país, Fannie Mae e Freddie Mac, que estão com dificuldades para se manter.

As bolsas em Nova York abriram em alta de cerca de 1 por cento. No Brasil, a Bovespa subia quase 2 por cento.

"Parece que agradou o mercado", disse Renato Schoemberger, operador da Alpes Corretora.

"Aqui está acompanhando o movimento externo. Deu uma parada na saída de fluxo que estava tendo na bolsa e volta a normalidade de haver um fluxo positivo para o câmbio. O dólar tende a trabalhar abaixo de 1,60 (real)", acrescentou.

Miriam Tavares, diretora de câmbio da AGK Corretora, também vê a favor da queda do dólar "os saldos de ingressos financeiros iniciados na semana passada". Entre as operações, ela citou a oferta de ações da Vale (VALE5.SA: Cotações), com apelo entre os investidores estrangeiros.

(Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Renato Andrade)