Governo eleva de 2% para 3% mistura de biodiesel ao diesel

sexta-feira, 14 de março de 2008 18:45 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 14 de março (Reuters) - O governo brasileiro decidiu aumentar de 2 para 3 por cento a mistura obrigatória de biodiesel ao diesel a partir de 1o de julho deste ano, informou o Ministério de Minas e Energia nesta sexta-feira.

A medida já vinha sendo estudada desde o ano passado e dependia da segurança do fornecimento para ser anunciada.

O objetivo é reduzir o gasto do país com importação de diesel num momento em que o preço do combustível fóssil vem atingindo preços recordes no mercado internacional, além de também estimular o plantio de oleaginosas e gerar empregos.

A elevação do percentual não exigirá alteração nos motores dos veículos, afirmou o Ministério de Minas e Energia em nota.

"Sob a perspectiva econômica, um maior uso de biodiesel favorece a agregação de valor às matérias-primas oleaginosas de origem nacional e o desenvolvimento da indústria nacional de bens e serviços, o que possibilita a redução da importação de diesel de petróleo, com efetivos ganhos na balança comercial", afirmou o ministério na nota.

O governo chama atenção ainda para a questão ambiental da mistura, afirmando que a ampliação do uso do biodiesel reduzirá a participação do óleo diesel na matriz energética e significará a diminuição das principais emissões veiculares.

O governo estuda também a antecipação da mistura de 5 por cento a partir de 2010, em detrimento à expectativa inicial de 2013, mas não fez referência a essa antecipação no comunicado desta sexta-feira.

(Reportagem de Denise Luna; Edição de Marcelo Teixeira)