Shell compra canadense Duvernay Oil por US$5,9 bilhões

segunda-feira, 14 de julho de 2008 14:37 BRT
 

Por Tom Bergin e Scott Haggett

LONDRES/CALGARY, 14 de julho (Reuters) - A Royal Dutch Shell RDSa.LP fechou a compra da canadense Duvernay Oil DDV.TO por cerca de 5,9 bilhões de dólares canadenses (5,9 bilhões de dólares) para ampliar ativos na área de gás.

Shell e Duvernay informaram na segunda-feira que a Shell fez uma oferta em dinheiro de 83 dólares canadenses por ação, um ágio de 42 por cento sobre o preço de fechamento da ação da Duvernay na sexta-feira. A proposta foi aceita de maneira unânime pelo conselho da Duvernay.

A Duvernay tem 1.800 quilômetros quadrados de terras em duas províncias canadenses, principalmente na valorizada região de Montney, no nordeste da Columbia Britânica, e na bacia profunda de Alberta. A Shell espera que essas áreas aumentem seu portfólio de gás de tipo "tight".

"Não estávamos procurando uma venda, mas eles fizeram contato conosco", disse Mike Rose, presidente-executivo da Duvernay. "A Shell está muito interessada nos ativos que montamos."

Gás "tight" está presente em reservatórios de difícil e custosa extração. Entretanto, preços elevados do gás e avanços na tecnologia levaram a um salto no investimento em tais reservas, que algumas vezes são enormes. A Duvernay tem um dos melhores ativos do recurso natural entre as companhias de médio porte do Canadá.

A Duvernay afirma que os ativos da bacia profunda e de Montney podem eventualmente produzir mais de 200 milhões de pés cúbicos de gás natural por dia e que têm reservas potenciais de mais de 1 trilhão de pés cúbicos.