14 de Fevereiro de 2008 / às 20:31 / em 10 anos

PANORAMA2-Após Bernanke, mercados fazem pausa na recuperação

Por Daniela Machado

SÃO PAULO, 14 de fevereiro (Reuters) - Após dias de recuperação, os ativos brasileiros “pararam para respirar” nesta quinta-feira diante dos sinais ainda preocupantes da economia norte-americana.

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo interrompeu uma sequência de quatro pregões em alta. O dólar subiu depois de cair por três sessões e a maioria das projeções de juros sofreu discreto ajuste para cima.

Em depoimento ao Congresso norte-americano, o chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, deixou a porta aberta para mais cortes do juro básico e se mostrou confiante em uma recuperação da atividade mais ao fim do ano.

Inicialmente, os investidores pouco reagiram ao discurso. A avaliação de Bernanke de que os bancos de investimento podem registrar mais baixas contábeis, no entanto, pesou sobre os negócios.

No final da tarde, a agência de classificação de risco Moody’s cortou o rating “AAA” de uma das principais seguradoras de bônus dos EUA, abatendo ainda mais os mercados.

Veja como encerraram os principais ativos nesta quinta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar encerrou em alta de 0,40 por cento, a 1,751 real. O volume no segmento interbancário foi de 6,65 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa caiu 1,23 por cento, para 61.818 pontos, segundo dados preliminares. O volume financeiro na bolsa foi de 5,3 de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

A 40 minutos do fechamento, o índice de principais ADRs brasileiros recuava 0,8 por cento, aos 36.261 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) fechou em leve alta na BM&F. O DI janeiro de 2010 subiu a 12,38 por cento, mas o DI janeiro de 2009 cedeu levemente para 11,69 por cento ao ano.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava para 132,563 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,62 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil cedia 1 ponto, a 257 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 276 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

Às 18h23 (horário de Brasília), o índice Dow Jones .DJI caía 0,9 por cento, a 12.437 pontos. O Nasdaq .IXIC recuava 1,3 por cento, aos 2.343 pontos. O índice S&P 500 .SPX cedia 0,8 por cento, a 1.355 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento subia para 3,85 por cento no final da tarde.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Reportagem adicional de Cláudia Pires e Fabio Gerhke; Edição de Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below