14 de Fevereiro de 2008 / às 20:47 / 10 anos atrás

BOVESPA-Mercado reverte alta e fecha em queda após Bernanke

(Texto atualizado com mais informações e fechamento oficial da Bovespa)

Por Cláudia Pires

SÃO PAULO, 14 de fevereiro (Reuters) - A Bolsa de Valores de São Paulo anulou a alta exibida pela manhã e fechou em queda nesta quinta-feira, após um discurso do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, e de a agência de classificação Moody's ter cortado o rating de uma importante seguradora de bônus nos Estados Unidos.

Após quatro pregões de valorização, o Ibovespa .BVSP caiu 1,23 por cento, para 61.818 pontos. O volume financeiro negociado na bolsa foi de 5,3 bilhões de reais.

Em depoimento ao comitê bancário do Senado, Bernanke disse não ver ameaça imediata de insolvência de bancos em razão de perdas relacionadas ao setor de financiamento imobiliário de alto risco dos Estados Unidos.

Ele alertou, no entanto, que novas baixas contábeis são prováveis. Bernanke também afirmou que uma piora significativa nas condições financeiras certamente seria um "sinal de alerta" para que novas ações sejam tomadas.

"Ele não disse nada novo, nada diferente do que já não tivesse dito nos últimos tempos. Mas o mercado aproveitou isso como um motivo para realização (de lucros) de curto prazo", avaliou Álvaro Bandeira, diretor da corretora Ágora.

Para Bandeira, é certo que a situação "ainda está longe de ser resolvida nos EUA", mas o cenário está mais calmo, o que incentivou os ganhos dos últimos pregões.

Segundo analistas, o discurso de Bernanke confirma previsão de que o Fed deve realizar novo corte da taxa básica de juros dos EUA na próxima reunião do Fed, marcada para 18 de março.

A queda das bolsas de valores também foi acelerada nesta quinta-feira depois que a Moody's cortou o rating "AAA" da seguradora de bônus FGIC.

Os mercados financeiros globais têm se preocupado com o risco de as seguradoras terem o rating rebaixado devido à exposição a hipotecas de alto risco (subprime).

UNIBANCO

No cenário interno, o Unibanco UBBR11.SA anunciou nesta manhã que seu lucro líquido no quarto trimestre somou 827 milhões de reais, avança de 43,6 por cento sobre igual período de 2006.

No ano, o banco teve resultado positivo de 3,448 bilhões de reais, ante 1,75 bilhão de reais em 2006. As ações do banco tiveram alta de 0,18 por cento no fechamento, a 22,39 reais.

A Gol (GOLL4.SA), que deve divulgar seu resultado trimestral ainda nesta quinta-feira, teve suas ações em queda durante todo o pregão, fechando em baixa de 4,82 por cento, a 33,78 reais.

Entre as ações de maior peso no Ibovespa, a Petrobras (PETR4.SA) caiu 1,22 por cento, a 83,53 reais. As ações da Vale (VALE5.SA) caíram 0,84 por cento, para 47,42 reais.

Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below