Petrobras quer parceria com Pemex para exploração no Golfo

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008 17:58 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Petrobras está tentando convencer a mexicana Pemex a se juntar a ela em um de seus projetos de exploração no mar no Golfo do México nos Estados Unidos, disse um executivo da estatal brasileira na quinta-feira.

A Pemex é proibida por lei de formar joint ventures em exploração e produção de petróleo dentro do México, mas pode fazê-lo no exterior.

Samir Awad, gerente-executivo da Área Internacional para Américas, África e Eurásia, disse que a Petrobras sugeriu que as duas empresas atuem juntas em águas norte-americanas como parte de um acordo informal de cooperação que possuem há algum tempo.

"Isso foi oferecido há algum tempo de uma maneira bastante informal, em uma reunião entre dois executivos, sem qualquer bloco ou área particular em mente", disse Awad por email.

Ele explicou que a resposta da Pemex foi que de ela não poderia aceitar a oferta no curto prazo, por motivos internos, mas que avaliaria a possibilidade de se juntar à Petrobras no médio a longo prazo.

A Pemex não estava imediatamente disponível para comentar.

As duas empresas dividem alguns de seus conhecimentos sob o acordo de cooperação, e muitos executivos da Pemex dizem que admiram a maneira como a Petrobras adotou investimento privado enquanto mantém o controle estatal.

Senadores mexicanos estão trabalhando em uma proposta para uma nova lei de energia, com objetio de evitar a queda na produção e nas reservas de petróleo no México, importante fornecedor para os EUA.

(Por Richard Valdmanis)