Posco pode aumentar preços de aço, mas não cortará produção

terça-feira, 14 de outubro de 2008 10:55 BRT
 

SEUL, 14 de outubro (Reuters) - A Posco 005490.KS, quarta maior empresa de siderurgia do mundo, disse nesta terça-feira que sua lucratividade não deve cair fortemente no próximo ano, apesar do enfraquecimento dos preços do aço, pois os preços de seus produtos continuam mais baratos que os de seus concorrentes.

"Nós temos competitividade de preço... e estamos considerando aumentar os preços de certos produtos, tais como placas de aço para o setor de construção naval, para diminuir a diferença em relação a nossos concorrentes", disse Hwang Eun-yeon, vice-presidente sênior de marketing da Posco, a analistas e jornalistas.

A companhia sul-coreana também informou que não se juntará a rivais globais no corte de produção para dar apoio aos preços.

(Reportagem de Miyoung Kim)