ATUALIZA-Com Votorantim, Amyris visará distribuir diesel de cana

terça-feira, 14 de outubro de 2008 16:45 BRT
 

(Texto reescrito e atualizado com mais informações e declarações)

Por Roberto Samora

SÃO PAULO, 14 de outubro (Reuters) - Com um aporte de capital da Votorantim Novos Negócios, a norte-americana Amyris, empresa que detém a tecnologia de transformar o caldo da cana-de-açúcar em diesel, reforça sua atuação no Brasil e já vislumbra participar no país do segmento de distribuição do futuro combustível.

A Amyris, que vê na cana a melhor matéria-prima para o desenvolvimento de uma nova rota tecnológica para a produção de combustíveis renováveis, já tem parceria com as brasileiras Crystalsev e Santaelisa Vale para iniciar a fabricação do diesel e busca novas usinas para expandir sua atuação.

"No Brasil, muitas empresas fazem etanol, mas poucos produtores levam o produto ao mercado final. Não estamos interessados em postos, o que temos interesse é na distribuição", afirmou, durante o anúncio do negócio com a Votorantim, o presidente-executivo da Amyris, John Melo.

Segundo o executivo, que traz no currículo a experiência de ter atuado em distribuição na petrolífera BP (BP.L: Cotações) nos Estados Unidos, a Amyris, que nasceu como uma empresa de biotecnologia, buscará "tirar proveito" de todas as possibilidades de negócios nesse novo setor.

A empresa, que contou inicialmente com investimentos da Fundação Bill & Melinda Gates para o desenvolvimento da artemisinina sintética --utilizada no combate à malária--, a qual também pode ser feita a partir da cana, prevê a produção inicial de diesel, em 2011, de 400 milhões de litros.

Depois, disse Melo a jornalistas, esse volume será expandido, em 2012, para 1 bilhão de litros --o Brasil consome 45 bilhões de litros de diesel/ano.   Continuação...