Moody's coloca ratings de banco Ibi, Bonsucesso e BCS em revisão

terça-feira, 14 de outubro de 2008 14:31 BRT
 

14 de outubro (Reuters) - A agência de classificação de risco Moody's informou nesta terça-feira que colocou em revisão, para possível rebaixamento, os ratings dos bancos brasileiros Ibi, Bonsucesso e Cruzeiro do Sul, e também alterou de "estável" para "negativa" a perspectiva da nota do banco BMG.

"A medida reflete a visão da Moody's que uma possível desaceleração na atividade econômica, assim como condições desfavoráveis de financiamento e disponibilidade nos mercados local e internacional podem prejudicar a capacidade de geração de lucros recorrentes destes bancos", afirmou a Moody's em comunicado.

O banco BMG, com sede em Belo Horizonte (MG), tinha ativos de 7,68 bilhões de reais ao final de junho. O banco Cruzeiro do Sul, de São Paulo, registrava ao final do segundo trimestre ativos de 4,99 bilhões de reais. Já o banco Bonsucesso, também com sede na capital mineira, encerrou a primeira metade do ano com ativos de 1,45 bilhão de reais. O Ibi, de Barueri, no interior paulista, fechou o período de abril a junho com ativos de 5,5 bilhões de reais. Os dados são da Moody's.