Indústria de aço mantém planos de 2008, faz mistério sobre 2009

terça-feira, 14 de outubro de 2008 16:39 BRT
 

Por Alberto Alerigi Jr.

SÃO PAULO, 14 de outubro (Reuters) - A indústria siderúrgica brasileira mantém suas metas de produção de aço bruto em 2008, mas o cenário de crise financeira internacional agravado desde o mês passado desencoraja o setor a divulgar projeções firmes para o ano que vem.

Segundo o presidente do Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS), Flávio Roberto de Azevedo, apesar de algumas produtoras de aço estarem fazendo ajustes de produção neste semestre, as paradas estão ocorrendo diante de necessidades de manutenção que foram antecipadas.

"Existem necessidades de manutenção e você antecipa paradas diante da conjuntura. Mas isso não significa que vão produzir menos anualmente", disse Azevedo a jornalistas, após evento para divulgação de relatório de sustentabilidade do setor.

A expectativa do IBS é de produção de cerca de 37 milhões de toneladas de aço bruto em 2008, expansão de 7,4 por cento sobre o ano passado.

"Para 2009, qualquer projeção é especulativa... mas não vejo motivo para o setor siderúrgico não crescer mais que o PIB (Produto Interno Bruto) ano que vem", acrescentou o presidente do IBS. A expectativa do mercado é de que o PIB cresça 3,5 por cento em 2009 depois de avançar cerca de 5 por cento este ano.

"Esse cenário ainda sim é de crescimento, de crescimento produtivo, e isso é bom", afirmou.

Mesmo diante de incertezas sobre o mercado de crédito, o setor siderúrgico se mostra confiante: "Não existem problemas de crédito que possam reduzir a velocidade de implantação dos projetos de expansão", disse o presidente do IBS.

A indústria produtora de aço do Brasil projeta investimentos de 58,7 bilhões de dólares entre o ano passado e 2015, elevando a capacidade produtiva de 41 milhões de toneladas anuais para 66,7 milhões de toneladas. Se forem incluídas as 16,5 milhões de toneladas previstas em projetos em estudos, o total subirá para 83,2 milhões de toneladas.   Continuação...