Inflação na Grã-Bretanha salta e atinge 3,8% em junho

terça-feira, 15 de julho de 2008 09:18 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Alimentos e combustíveis em alta levaram a inflação britânica a atingir em junho quase o dobro da meta fixada pelo banco central, mostraram dados divulgados nesta terça-feira, o que aumento as expectativas por um aumento do juro.

A inflação ao consumidor subiu mais que o esperado e atingiu 3,8 por cento, ante 3,3 por cento em maio, enquanto outras duas pesquisas mostraram que a economia está à beira de uma pronunciada desaceleração, o que destaca o dilema enfrentado pelos formuladores de política monetária.

A meta de inflação perseguida pelo Banco da Inglaterra é de 2 por cento.

A inflação britânica neste momento está no maior patamar anual desde que o Banco da Inglaterra passou a determinar a taxa básica de juro, em 1997.

A maior contribuição para o avanço registrado em junho veio dos alimentos e bebidas não-alcóolicas, que subiram 2,1 por cento no mês e responderam por 0,18 ponto percentual da taxa anual de inflação.

O núcleo do índice de preços, que retira do cálculo itens voláteis como alimentos e combustível, subiu 1,6 por cento, o maior avanço desde agosto do ano passado.