Varejo dos EUA amarga queda de 1,2% nas vendas em setembro

quarta-feira, 15 de outubro de 2008 09:40 BRT
 

WASHINGTON, 15 de outubro (Reuters) - As vendas dos varejistas norte-americanos registraram em setembro a maior queda em mais de três anos, de acordo com dados do governo divulgados nesta quarta-feira. Os números mostram que os consumidores estão tendo dificuldades para lidar com a queda nos preços de suas moradias e das ações.

As vendas do setor recuaram 1,2 por cento no mês passado, de acordo com dados ajustados sazonalmente, para 375,5 bilhões de dólares, ante dado revisado de queda de 0,4 por cento em agosto, que inicialmente havia sido informado como recuo de 0,3 por cento.

A queda em setembro é a mais acentuada desde agosto de 2005, quando as vendas caíram 1,4 por cento.

(Reportagem Emily Kaiser)