Autoridades da União Européia investigam acordo Google-Yahoo

segunda-feira, 15 de setembro de 2008 17:00 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - Os órgãos reguladores da competição na União Européia estão analisando o planejado acordo entre as gigantes de Internet Google e Yahoo para compartilhamento de receita publicitária.

"Em meados de julho, decidimos abrir uma investigação preliminar por nossa própria iniciativa sobre os possíveis efeitos do acordo entre o Google e a Yahoo dentro da Área Econômica Européia (EEA, da sigla em inglês)", disse Jonathan Todd, porta-voz da comissária de Competição Européia, Neelie Kroes.

Mais cedo nesta segunda-feira, um grupo de representantes de jornais de todo o mundo criticou o acordo acertado em junho dentro do qual o Google vai suprir o Yahoo com serviços publicitários que irão aparecer nas páginas de busca do Yahoo.

O Google e o Yahoo informaram que o negócio somente será efetivado nos Estados Unidos e Canadá, mas a Associação Mundial de Jornais afirma que isso vai afetar o Yahoo como competidor do Google e, por isso, pediu às autoridades antitruste do União Européia que analise seus termos.

O porta-voz informou que não há prazo para que as investigações sejam finalizadas em Bruxelas. A EEA inclui os países do bloco e algumas nações vizinhas.

(Reportagem de William Schomberg)