Petróleo nos EUA cai mais de 5% com temores de recessão

quarta-feira, 15 de outubro de 2008 17:02 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações e comentários de analistas)

NOVA YORK, 15 de outubro (Reuters) - Os preços do petróleo fecharam em forte queda nesta quarta-feira, logo após atingirem o menor nível em 13 meses, com preocupações sobre a demanda em uma economia em recessão e a queda das ações pressionando os mercados petrolíferos.

Na Nymex, o contrato novembro CLX8 despencou 4,09 dólares, ou 5,2 por cento, cotado a 74,54 dólares por barril, sendo negociado entre 74,32 dólares --menor patamar desde os 73,48 atingido em 4 de setembro de 2007-- e 79,17 dólares.

O relatório mensal da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) reduzindo a sua estimativa de demanda para 2009 e as expectativas de analistas de alta nos estoques de petróleo e produtos derivados na semana passada deram ainda mais força ao sentimento de baixa.

"A queda nos preços do petróleo hoje reflete os movimentos dos mercados acionários, que repercurte os temores sobre uma potencial recessão que irá atingir a demanda por petróleo", afirmou Joe Possillico, corretor da MF Global.

Em Londres, o petróleo tipo Brent LCOX8 perdeu 3,73 dólares, ou 5 por cento para 70,80 dólares por barril, sendo negociado entre 70,21 dólares --menor nível desde 27 de agosto de 2007, quando chegou a 69,49 dólares-- e 75,04 dólares.

(Reportagem de Gene Ramos)