CONSOLIDA-Mercados despencam com temor de recessão

quarta-feira, 15 de outubro de 2008 19:33 BRT
 

Por Claudia Parsons

NOVA YORK, 15 de outubro (Reuters) - Dados econômicos sombrios e alertas do Federal Reserve de que tempos difíceis ainda estão por vir apagaram o relativo otimismo dos dois últimos dias e derrubaram os mercados nesta quarta-feira.

O Dow Jones .DJI desmoronou 7,9 por cento e o S&P 500 .SPX derreteu 9 por cento --pior queda diária percentual desde outubro de 2007. As perdas devolveram a alta recorde de segunda-feira impulsionada pelo ânimo com os planos de resgate de bancos.

O chairman do Fed, Ben Bernanke, alertou que as turbulências nos mercados de crédito representam uma "ameaça significativa" para uma economia já enfraquecida. Novos dados reforçaram os sinais de mais desaceleração.

As ações européias perderam 6 por cento e o petróleo CLc1 caiu mais de 4 dólares, para o menor nível em 13 meses, a 74,54 dólares.

França, Inglaterra e Alemanha lideraram os pedidos por uma revisão do sistema financeiro internacional para evitar a repetição da maior crise financeira desde a Grande Depressão.

A Casa Branca afirmou que líderes do Grupo dos Oito (G8) devem se reunir para discutir a crise até o final do ano.

Os Estados Unidos reportaram a maior queda mensal das vendas no varejo em mais de três anos.

Governos de todo o mundo prometeram 3,2 trilhões de dólares em medidas emergenciais, incluindo a aquisição de parcela de bancos para ajudá-los a se estabilizar.   Continuação...